Diferenca para o sucesso

Você já notou que algumas pessoas têm todas as condições para ter sucesso e não têm? Existem pessoas que nasceram em famílias ricas, têm um trabalho bem remunerado ou mesmo ganham na loteria e nem assim conseguem ter sucesso. Sucesso é ser alguém que se destaque na multidão e que se mantenham em constante evolução.

Por outro lado, existem pessoas que perdem um ente querido, que perdem todos seus bens ou mesmo perdem a vontade de viver e depois dão a volta por cima e têm um crescimento exponencial, um sucesso de dar inveja a muita gente.

Claro que nas duas situações acima, podem ter pessoas com recursos que têm sucesso e pessoas que perdem tudo e não têm.

Porquê isso acontece? O que faz a diferença quando o assunto é sucesso? Qual a diferença que faz a diferença?

As pessoas bem-sucedidas não têm menos problema do que as que falham. Não é o que acontece conosco que distingue os sucessos dos fracassos. É como percebemos os problemas e o que fazemos a respeito do que “acontece” que faz a diferença.

O que fazer para ser diferente?

Existem 3 formas de ações mentais e físicas que correspondem mais diretamente à qualidade dos resultados que você produz. Imagine-as como 3 portas que devem ser passadas para se chegar a uma espetacular sala de banquete:

  • A primeira porta é o seu sistema de crençaso que você acredita, o que você pensa ser possível ou impossível. Há uma velha frase que diz: “quer você acredite que pode fazer uma coisa ou acredite que não pode, você está certo!” Quando você não acredita que pode fazer alguma coisa, está mandando mensagens coerentes ao seu sistema nervoso que limitam ou eliminam sua capacidade de conseguir aquele mesmo resultado. Se, por outro lado, você enviar consistentemente mensagens congruentes ao seus sistema nervoso que dizem que pode fazer alguma coisa, ele então avisa seu cérebro para produzir o resultado que deseja, e isso abre a possibilidade para que aconteça.
  • A segunda porta é a sua sintaxe mental: a maneira como você organiza seus pensamentos. Tendo um número de telefone como exemplo, não adianta você teclar os 8 ou 9 dígitos aleatoriamente para conseguir falar com quem deseja; você digita numa sequência única para atingir seu objetivo. O mesmo deve ser feito com a sua comunicação e seus pensamentos. Pense e comunique-se numa forma organizada e lógica, de forma a se convencer e convencer os demais sobre seus projetos.
  • A terceira porta é a sua fisiologia: como você respira e mantém seu corpo, sua postura, expressões faciais, a natureza e a qualidade de seus movimentos. Corpo e mente são totalmente conectados! A maneira como você usa a sua fisiologia é que determina seu estado mental! E seu estado mental determina a extensão e a qualidade dos comportamentos que você será capaz de conseguir!

Assim, se você acreditar que pode ter sucesso, mesmo diante de certos infortúnios, organizar seu pensamento e sua comunicação e conectar corpo e mente em prol de seus objetivos, você criará condições e comportamentos que te levarão ao sucesso, tornando-se diferente daqueles que não fazem diferença!

Se isso faz sentindo para você, compartilhe esse texto nas suas redes sociais. Talvez você conheça pessoas não pararam para pensar nisso e andam por aí focando na carreira quando deveriam focar na vida pessoal e fazendo tarefas pessoais no horário de trabalho.

Curta minha página no Facebook e se inscreva no meu canal no Youtube.

Luciano Grossi